STF forma maioria contra prazo para obrigar Lira a analisar pedidos de impeachment


Ações já haviam sido negadas pela relatora, ministra Cármen Lúcia

STF forma maioria contra prazo para obrigar Lira a analisar pedidos de impeachment

Foto: Rosinei Coutinho / SCO / STF

Por: Metro1

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria contra o estabelecimento de prazo para que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), analise pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (PL).

As ações já haviam sido negadas pela relatora, ministra Cármen Lúcia. Agora, o plenário virtual decide se mantém ou derruba a decisão.

O voto da magistrada prevaleceu, que foi em desfavor dos recursos apresentados contra decisões anteriores.

Estas definições prévias negaram três mandados de segurança que apontam suposta omissão do presidente da Câmara.